Deixando relógios de luxo mais espertos




Desde que eu vi o Pebble, fique super empolgado com smartwatches. Comprei o meu quando ainda era só um projeto no Kickstarter. Mas sempre fiquei tentando pensar o que marcas tradicionais, como Rolex e Montblanc, fariam para se adaptar.

Não via essas empresas usando displays digitais. Até já tinha visto um ou outro protótipo que tinha uma tela disfarçada no fundo do relógio, mas não passava muito disso.

Hoje descobri duas soluções diferentes pra isso.

A primeira não usa o relógio para nada mostrar informações, mas usa os dados dele para registrar suas atividades. Como essas pulseiras de que registram a movimentação diária.

Ele registra tudo pelo acelerômetro e envia pro celular. Além disso, tem um mostrador para mostrar o percentual de atividades feitas num dia. Como é bem simples, a bateria dura 8 semanas!
Bonito, útil, mas não é barato. U$ 450.
Mas isso ainda não era transformar um relógio de luxo num smartwatch. Mas aí eu vi a solução da Montblanc.
Aparentemente, não tem nada de diferente. É um relógio Montblanc normal. Mas a solução tá na pulseira.
 
O relógio fica de um lado, e o smart fica do outro, preso na pulseira. Simples, discreto e funcional. Não precisaram mexer na parte tradicional do relógio e ainda conseguiram fazer um gadget que pode ir em vários relógios diferentes.
Com isso tudo, e por ser da Montblanc, eu até esperava que fosse mais caro. Não chega a ser barato, mas 250 € é um valor até razoável. Principalmente pra quem investe milhares de euros em relógios. Quase uma pechincha.
Mais informações sobre o Activité (primeiro relógio) e sobre a buginganga da Montblanc.

 

Tags: , , , , , ,

Leave a Reply


Switch to our mobile site